Cabo Angola/Brasil vai melhorar serviços e reduzir custos

O ministro das Telecomunicações e Tecnologias de Informação, José Carvalho da Rocha, disse hoje, 19, em Luanda, o lançamento do cabo que vai ligar Angola ao Brasil tem como objectivo melhorar os serviços de telecomunicação.

“Temos feito as nossas comunicações através de dois cabos, mas ainda não temos condições para suportar a demanda. É por isso que lançamos o cabo Angola/Brasil, que depois vai ligar o nosso país aos Estados Unidos da América”, avançou.
O ministro José Carvalho da Rocha disse que o passo seguinte será diminuir custos e melhorar a qualidade dos serviços prestados aos cidadãos por parte das operadoras de telefonia e de internet.

Avançou ainda que está em materialização um plano que visa a alteração da forma de taxação das comunicações, permitindo ao cidadão saber o que consumiu e o que vai pagar. Em relação ao acesso à internet, sublinhou que o sector público e o privado têm estado a fazer muitos investimentos, mas os acessos ainda são poucos.

20 mil quilómetros de fibra óptica foram lançadas

No quadro da melhoria dos serviços de comunicação, o ministro das Telecomunicações e Tecnologias de Informação, José Carvalho da Rocha, avançou que o Executivo está a fazer um investimento que permitiu o lançamento de 20 mil quilómetros de fibra óptica.
De acordo com o ministro, os efeitos já são visíveis nas cidades, municípios e nos barros que compõem o país, onde já se pode ter acesso à internet em vários pontos.
José Carvalho da Rocha disse ainda que o trabalho de extensão do cabo de fibra óptica está em curso, facto que vai melhor a comunicação nos próximos tempos.

Cabo Angola/Brasil vai melhorar serviços e reduzir custos

| MACRO & FINANÇAS |
About The Author
-