Despedimento coletivo na Soares da Costa

Crise em Portugal e em Angola são os motivos avançados pela empresa de construção para avançar com despedimento colectivo de cerca de 500 trabalhadores.A construtora Soares da Costa vai abrir um processo de despedimento colectivo de cerca de 500 funcionários, justificando a decisão com a crise em Portugal e Angola. A decisão foi anunciada numa carta enviada à Comissão de Trabalhadores da empresa.

Despedimento coletivo na Soares da Costa

| ECONOMIA PELO MUNDO |
About The Author
-