Estudos: Responsável alerta para degradação da zona húmida do Panguila

A zona húmida do Panguila está a ser estudada a fim de ser um dos 11 sítios que o Ministério do Ambiente pretende inscrever para o processo de Ramsay, como zona húmida internacional.

O chefe de Departamento de Biodiversidade do Ministério do Ambiente, Nascimento António, manifestou-se na terça-feira, em Caxito, preocupado com a degradação da zona húmida do Panguila.

Em declarações à imprensa no quadro da Semana Nacional do Ambiente, o responsável lembrou que as zonas húmidas devem ser protegidas, o que não tem acontecido com a do Panguila, na província do Bengo. Reiterou a necessidade da realização de estudos de impacto ambiental antes da aprovação de projectos, pois estes vão determinar a abrangência dos possíveis danos a serem causados numa dada região.

“Temos vindo a constatar a transformação da zona húmida do Panguila, que é um pântano (zona húmida coberta de vegetação) que está a se transformar numa lagoa (zona húmida sem vegetação) e essa transformação, do ponto de vista ecológico tem consequências como a perda da biodiversidade, diminuição das funções da zonas húmidas (atenuar as inundações das zonas adjacentes, entre outras)”, explicou. Lembrou que caso haja inundações na zona húmida do Panguila, visto que esta está a perder a sua função de controle das cheias, a circulação entre as províncias de Luanda, Bengo, Uíge e Zaire poderá estar em perigo.

A zona húmida do Panguila possui características importantes e um dos seus braços é candidato a Sítios Ramsar, no quadro da adesão da República de Angola à Convenção de Ramsar sobre Zonas Húmidas de Importância Internacional. O chefe de departamento de biodiversidade do Ministério do Ambiente, Nascimento António, deu a conhecer que em Angola estão já identificados 11 Sítios para Zonas Húmidas de Importância Internacional. “A zona húmida do Panguila ainda não consta nos 11 sítios que o Ministério do Ambiente pretende inscrever para o processo de Ramsay, como zona húmida internacional, pois estão a ser feitos estudos, mas pela sua dimensão e características acredito que vai ser inscrita. Mas a zona húmida costeira do Sarico já consta da lista de candidatas”, esclareceu o responsável.

Mais informação encontre no jornal imprenso já nas bancas!

Estudos: Responsável alerta para degradação da zona húmida do Panguila

| ... E AINDA |
About The Author
-