Greve no Porto de Lisboa põe em causa abastecimento dos Açores e da Madeira

A Administração do Porto de Lisboa (APL) diz que são já três as empresas de navios de carga que suspenderam a actividade na cidade. Esta terça-feira foi conhecido que a maior empresa do mundo do sector, a Maersk, decidiu desviar os seus barcos para Sines e Leixões, mas a presidente da APL explica que outras duas empresas já tinham tomado idêntica decisão nas últimas semanas. Marina Ferreira explica que em causa está uma ameaça de greve dos estivadores que ainda nem se consumou pois estes só vão parar se as empresas recrutarem trabalhadores precários.

Greve no Porto de Lisboa põe em causa abastecimento dos Açores e da Madeira

| ECONOMIA PELO MUNDO |
About The Author
-